Super User

Super User

FilmInBrasil: InCartaz leva ação para diversos estados

10378093 10152536744888153 8221643762139108721 nCada vez mais pessoas estão se interessando em entender como funcionam as ferramentas de produção audiovisual, e com isso, cada vez mais temos ministrado oficinas, workshops e cursos do Programa FilmInBrasil por todo o país. Segundo Marcelo Paes de Carvalho, coordenador pedagógico do programa, "mesmo nas oficinas mais básicas, os alunos saem com uma nova visão de mundo, com novas perspectivas, fortalecendo a cidadania e sua identidade cultural".

Além das oficinas básicas, o FilmInBrasil também tem cursos de longa duração, que já foram ofertados nos estados do Ceará, Paraíba e Rio de Janeiro. Com 06 meses ou mais de duração, o foco, nesse caso; é o mercado de trabalho: "Muitos dos nossos alunos ingressaram no mercado de trabalho, em produtoras, agências e emissoras de TV, e isso é muito gratificante, demonstra que estamos no caminho certo. Outro dia, entrei em uma TV no Ceará para dar uma entrevista sobre um espetáculo, e 02 dos profissionais no estúdio já tinham sido meus alunos", revela o coordenador.

Mais que perfil tem o profissional que trabalha com audiovisual?

Isso depende em qual função a pessoa resolve se especializar. Mas uma coisa todos tem em comum: Criatividade. Mesmo um produtor precisa ser criaivo, para resolver as diversas questões com as quais se depara em um projeto audiovisual. Mas o mais legal é participar das oficinas e descobrir suas aptidões na prática.

Qual o diferencial das oficinas, workshops e cursos do FilmInBrasil?

O que é mais legal nas ações do FilmInBrasil é o método utilizado: O aprender fazendo. Os alunos recebem orientação e capacitação sobre todo o processo de criação de algum produto audiovisual, desde o seu desenvolvimento até o seu lançamento, passando pela pré-produção, produção e pós-produção. E quando vemos algum dos filmes produzidos pelos alunos, uma coisa é certa: Quem produziu o filme, de verdade, foi o próprio aluno, e não o professor.

Saiba mais em formação em audiovisual

 

InCartaz completa 22 anos no mercado em dezembro de 2017

O ano era 1995, e um menino de 18 anos tinha um sonho: Montar uma empresa de produção cultural. Na época, para abrir empresa era necessário ter 21 anos, e por isso, precisou ir até seus pais e pedir para ser emancipado. Assim começou a trajetória desse jovem empreendedor, Marcelo Paes de Carvalho, e assim começou a trajetória da InCartaz.

Aprender com os erros e aprender na marra foi sempre o maior desafio, ainda mais para alguém que começou a empresa sem ter nenhum capital de giro (e para dizer a verdade, sem nem saber o que era isso). Muitas foram as vezes que essa inexperiência cobrou o seu preço. Mas ele não desistia, indo contra todas as previsões."Por diversas vezes, eu sentia que a InCartaz só existia na minha cabeça, pois quando eu via as contas chegando e os extratos bancários, batia um desespero. Eu sei, isso não é provavelmente o que se esperava ao ler um texto dentro do site de uma empresa falando dela mesmo, mas é a mais pura verdade", diverte-se o já não tão jovem nem tão inexperiente empreendedor cultural.

Os momentos mais marcantes

"Eu sempre acho que o momento mais marcante ainda está por vir. Mas foram muitos momentos interessantes, como trabalhar na produção estrangeira da série Football Made In Brasil (Bélgica), na Copa do Mundo ou nas Olimpíadas, além de projetos nossos como o documentário sobre o incêndio no circo ou o piloto da série Vida Bandida. Mas como disse, a gente sempre acha que o que vai ser mais marcante é o próximo projeto..."

O Instituto InCartaz

Em 2008 foi fundado o Instituto InCartaz de Cultura, Educação e Inclusão Social. A idéia foi criar uma entidade sem fins lucrativos para os diversos projetos sociais que já nos envolvíamos. Desde então, diversos projetos foram  executados, principalmente na área de formação em produção audiovisual, em parceria com importantes instituições. Desde 2010 essas ações receberam um novo nome, que desde então se fortalece no mercado: O Programa FilmInBrasil, que leva oficinas, workshops e cursos de longa duração de formação em audiovisual para diversos cantos do país.

O futuro

Apesar do momento de instabilidade política e econônica que vivemos no Brasil, com vários projetos paralisados, cancelados ou adiados, somos, por natureza, otimistas. Mais do que isso, acreditamos no nosso papel a ser executado pelo futuro do nosso país. Portanto, momentos de crise não são para abaixarmos a guarda, pelo contrário, devemos mais do que nunca, arregaçar as mangas. Portanto, por mais que o futuro seja sempre incerto (e no Brasil, ao que parece, mais ainda), uma coisa é certa: Será um tempo de muito trabalho.

Que venham mais 22 anos!

Formação em Audiovisual


filminbrasil png

O Programa FilmInBrasil, existe desde 2010 e consiste em ações de formação em audiovisual - oficinas, workshops e cursos - que são ministrados em todo o território brasileiro, sob coordenação do Professor Marcelo Paes de Carvalho.

O Programa busca abordar técnicas necessárias para produzir conteúdo audiovisual, em aulas teóricas e práticas. Desenvolvendo atividades onde o conhecimento e a execução estão atrelados, despertando o potencial criativo, a curiosidade em conhecer os processos utilizados por trás das câmeras, promovendo a evolução do seu olhar, junto com a visão de mundo, e fortalecendo a sua identidade cultural.

Hoje, podemos dizer que um indivíduo ao nascer, está sob forte influência do meio audiovisual. Crianças aprendem com facilidade a utilizar tecnologias que não eram nem  sequer imaginadas pelas gerações anteriores. A tecnologia facilitou e barateou o acesso aos meios de produção audiovisual. Entretanto, são poucas as pessoas que têm o domínio das ferramentas deste meio de expressão, sem a consciência de como as imagens vindas de uma tela afetam o seu modo de ser e viver. 

São possíveis várias ações de formação, em diversos formatos, adequados caso-a-caso de acordo com o público, duração e equipamentos disponiveis. Ou seja, pode ser desde uma oficina de iniciação a produção audiovisual para crianças e/ou adolescentes com poucos dias de duração, como também cursos profissionalizantes de até um ano de duração.

Algumas oficinas disponíveis:

- Iniciação a produção audiovisual
- Jovem comunicador: A tecnologia que te leva para o mundo (nova!)
- Roteiro Audiovisual
- Processos em Produção Audiovisual (avançado)
- Edição e Montagem Audiovisual
- O som no audiovisual: Teoria e Prática
- Direção Fotográfica
- Produção de Videoclipes
- Captação de recursos para projetos audiovisuais
- Praticas de set de filmagem
- Direção de atores
- Documentário: Linguagem e prática 

Leve essas ações para a sua cidade! 
Entre em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Cine Açude Grande: Festival de Cinema de Cajazeiras

21151332 10155308740298153 8492279857075134002 nRecentemente, em agosto de 2017, estivemos participando da primeira edição do Cine Açude Grande: Festival de Cinema de Cajazeiras. Organizado pela produtora cultural Veruza Guedes e pela professora Thalyta Lima, o festival teve grande repercussão de público, e a presença de importantes realizadores culturais da Paraíba e do Brasil. Os homenageados desta primeira edição foram a família Lira: Bertrand, Soia, Nanego e Buda, e mais a atriz Marcélia Cartaxo, todos com raízes na cidade do sertão paraibano.

Além de participar do júri da MOSTRA PARAHYBANA BERTRAND LIRA, nosso representante Marcelo Paes de Carvalho ministrou uma concorrida oficina sobre processos de produção no audiovisual. Que venha a segunda edição!

A comissão do Júri foi formada pelos produtores e cineastas Laércio Filho (PB), Carlos Mosca (PB) e Moema Vilar (PB) para a Mostra Nacional Marcélia Cartaxo; Fabiana Penna (SC), Marcelo Paes de Carvalho (RJ) e Fabiana Melo (PB) na Mostra Parahybana Bertrand Lira; Cristiane Fragoso (PB), Sara Andrade (PB) e Kalyne Almeida (PB) na Mostra Feminina Soia Lira.
O júri da Mostra Infanto Juvenil Buda Lira foi composto pelas próprias crianças das escolas municipais onde os filmes foram exibidos, através do júri popular.
O resultado foi assim definido:

MOSTRA MARCÉLIA CARTAXO DE FILMES NACIONAIS
MELHOR FILME: Frequências - Adalberto Oliveira
MELHOR ROTEIRO: Fabricio Ide, Tiago Vieira - Quando Parei de Me Preocupar Com Canalhas
MELHOR DIREÇÃO: Frequências - Adalberto Oliveira
MELHOR MONTAGEM: Arthur Marques - O Homem Que Não Cabia Em Brasília
MELHOR FOTOGRAFIA: Julio Castro - Em Torno do Sol
MELHOR SOM: Diego Castro - O Homem Que Não Cabia Em Brasília
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Lia Letícia - Frequências
MELHOR ATOR: Diego Gazin - Wellington Abreu - O Homem Que Não Cabia Em Brasília
MELHOR ATRIZ: Débora Madara - Deuteronômio 22
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Gigantes da Alegria - Ricardo Rodrigues
MELHOR FILME PELO JÚRI POPULAR: Preto, Pobre, Puto - Diego Tafarel


MOSTRA PARAHYBANA BERTRAND LIRA
MELHOR FILME: Contínuo - de Odécio Antônio e Carlos Ebert
MELHOR ROTEIRO: Diego Lima - ATRITO
MELHOR DIREÇÃO: Odécio Antônio e Carlos Ebert - pelo filme Contínuo
MELHOR MONTAGEM: Abraão Bahia e Diego Benevides - Praça de Guerra
MELHOR FOTOGRAFIA: Carlos Ebert - filme Contínuo
MELHOR SOM: Bruno Sales - Aroeira
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Ramon Batista - Aroeira
MELHOR ATOR: Odécio Anthonio - Contínuo
MELHOR ATRIZ: Nika Barros -Hozana Nas Alturas
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Adiós, Jampa Viega! - Virgínia Gualberto
MELHOR PESQUISA (categoria inserida pelo júri): Praça de Guerra - Ed Junior
MENÇÃO HONROSA: Sobre Uma Borboleta e Seu Casulo - R.B. Lima
MELHOR FILME PELO JÚRI POPULAR: Sobre Uma Borboleta e Seu Casulo - R.B. Lima

MOSTRA FEMININA SOIA LIRA
MELHOR FILME: Cheiro de Melancia - Maria Cardozo
MELHOR ROTEIRO: Entre Os Ombros - Carolina Castilho
MELHOR DIREÇÃO: Cheiro de Melancia - Maria Cardozo
MELHOR MONTAGEM: Daniela Yoshikawa e Victor Alencar - Feliz Ano Novo
MELHOR FOTOGRAFIA: Giovanna Pezzo por cheiro - Cheiro de Melancia
MELHOR SOM: Iasmin Alvarez - Sangria
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Iasmin Alvarez - Sangria
MELHOR ATOR: Diego Gazin - Feliz Ano Novo
MELHOR ATRIZ: Cíntia Lima - cheiro de melancia
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Andante, Allegro e Vivace - Anderlúcia Caldas


MELHOR FILME DA MOSTRA INFANTIL BUDA LIRA
O Menino do Dente de Ouro - Rodrigo Sena

Parceiros

Ao longo dos anos construiu parcerias com diversas importantes instituições, a citar:

- Prefeitura Municipal de Niterói

- Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro

- Prefeitura Municipal de Fortaleza

- Governo do Estado do Rio de Janeiro

- Governo do Estado do Ceará

- Funarte

- Banco do Nordeste

- Canal Brasil

- Montgomery Films (Inglaterra)

- Ministério da Cultura

- ONG Ação Animatographo (Rio de Janeiro / Minas Gerais)

- Cia. de Dança ABCVATA (Ceará)

- Teatro das Marias (Ceará)

- Take Five (Bélgica)

- Universidade de Michigan (EUA)

- NIKE

- ONU

- UNICEF

- American Airlines

- Procter & Gamble

- Michigan Ross School of Business

- CGI.br

entre outras.

 

Projetos

PROJETO 01Projetos audiovisuais em produção

Nino (curta-metragem) - www.facebook.com/ninofilme

Incêndio no Circo: Das trevas à luiz - www.facebook.com/incendionocirco

Vida Bandida - (série de TV) - www.facebook.com/serievidabandida

 

Projetos culturais em produção

FilmInBrasil - Programa de formação em audiovisual em diversos estados, com ações atualmente no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraíba, Ceará, Pernambuco e Tocantins - www.facebook.com/filminbrasil

RioBandaFest - Festival de bandas, feito em parceria com o Instituto Harmonya do Brasil -  www.facebook.com/riobandafest

Quem somos

InCartazA InCartaz, presente no mercado desde 1995, tem a comunicação, criatividade, respeito, e profissionalismo como características primordiais para ir mais longe, plantando sementes em cada lugar onde passa.  Com uma equipe de profissionais com formação em várias áreas, consegue inovar, solucionar e dinamizar os seus serviços, promovendo a satisfação e o entusiasmo em cada desafio. Hoje, atuamos no mercado brasileiro e Internacional com projetos importantes no qual exercemos como produtores e/ou parceiros, tais como a série de TV Football Made In Brasil (parceria com a Take Five/Belgica), o longa metragem Incêndio no Circo: Das trevas a luz, a série Vida Bandida (em desenvolvimento, com o episódio piloto já gravado), a série Nero (parceria com a Fata Morgana, em desenvolvimento, no Rio de Janeiro), Backpack4life e muitos outros. Para a InCartaz, a cultura está atrelada a tudo que nos leva a comunicar, interagir, socializar e é isso que faz irmos mais longe. 

Subscribe to this RSS feed